Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
postado por Hellz. em 13 setembro 2013

De dez em dez – Adulta, eu??












Até pela nomenclatura dos números a partir da língua inglesa, o “teen” (adolescente) só é acompanhado até o número “nine” (nove). 19 = O deadline da adolescência.

O auge da minha vida foi os 17 e 18, mas isso é pauta pra outra conversa...
Sobre os anos seguintes... Digamos apenas que alguns “atropelos” aconteceram e devido a certos ~relacionamentos~ eu acabei me afastando de mim. Ou seja, os 19 chegaram, mas eu estava tão dormente que nem senti. 

E devagarzinho os 20 bateram à minha porta. A crise existencial que eu já não sentia há muito tempo voltou a se instalar: O que? Eu sou adulta já? Para tudo que eu quero descer!

Juntou a dormência emocional, a minha “revoltinha” com gente adulta e a fragilidade que meu psicológico se encontrava devido a uma situação altamente desgastante. É, foi bem difícil de aceitar.

Bom... eu sempre tive a ideia de que adultos eram o tipo de gente chata, sem graça, sem humor, que não suportavam brincadeiras ou piadinhas e que iam me reprimir por todo comportamento diferente que eu tivesse. E ah, que nunca me permitiriam ser feliz do meu jeito. Eu não queria me tornar esse tipo de gente, ok? Eu era eu. Gostava de Alice No País das Maravilhas, tinha amores platônicos por artistas famosos e que nunca saberiam da minha existência, tinha pôsteres no quarto, colecionava cds, comprava gatos de pelúcia, assistia filmes teen daqueles à la Lindsay Lohan e sempre tinha uma brincadeirinha pra tudo que fosse dito... Uma pessoa com essas características NÃO podia ser uma adulta assim, logo, já, imediatamente. E pior... tudo foi tão conturbado nos meus últimos anos de “oficial” adolescência que eu esquecera de aproveitar o restinho da fase última fase boa da vida  (eu achava que seria assim).

Conflitos me são amigos de fé e irmãos camaradas, isso eu já sabia. Mas os demônios acordaram aos 20 e a guerrinha ridícula recomeçou. Ah, de novo não! Senta que lá vem a história...

Eu não queria crescer DE NOVO. Não queria me tornar àquela pessoa chata que eu tinha por definição de adulto. Já tinha sido tão difícil sair da infância e quando eu enfim me acostumo com o próximo passo me tiram dele? Peraí, sacanagem... u.u

Só que aí uma luzinha de esperança se acendeu na minha cabeça depois de tanto lenga lenga pseudofilosófico mental e interno: eu poderia continuar sendo a mesma pessoa, gostar das mesmas coisas, me vestir do mesmo jeito, ter os mesmos amigos, frequentar os mesmos lugares e ouvir as mesmas músicas. Tudo isso aos 20!

Eu compreendi que questão de gosto não é relativo à maturidade. Se você gosta de comer batata Ruffles quando criança e adolescente, porque tem de parar de gostar só porque virou adulto?A batata vai te matar por acaso? Se ama videogame o que te impede de continuar amando enquanto adulto? Contanto que você não pare no tempo e tenha um desenvolvimento metal igualitário ao de uma criança: Tá esperando o que? VAI EMBORA SER FELIZ!

Hoje eu ainda gosto das mesmas coisas. Dos mesmos filmes. Das mesmas músicas. Mas percebi que há benefícios em chegar aos 21: Posso expor quem sou sem ter que me camuflar ou ouvir que estou sendo “influenciada” por outras pessoas, além de minha opinião ser mais levada a sério. E o melhor de tudo:  O grito de liberdade que eu tanto queria dar aos 17 e não me davam direito - Hoje eu tenho, HAHA. Posso dizer: “TENHO 21, LEAVE ME ALONE”

Não que eu vá dar uma de porra louca, calma aí. Mas me sinto a mesma pessoa, com os mesmos gostos eternamente adolescentes, mas que pode exercer o ir e vir. Então... É, eu tô até gostando dessa nova fase.




SER ADULTO NEM É TÃO RUIM ASSIM.



(Embora eu ainda sinta que fiz 15 anos pela sétima vez neste ano HAHAHAH).
 http://4.bp.blogspot.com/-hYcjmo60Wxw/UA8L3aFAiRI/AAAAAAAAD60/a2FnbpRXwrk/s1600/tumblr_luanhrxVxz1qa1xnko1_500.gif


24 comentários:

  1. Oi flor seu blog é 10...bjim e bom final de semana
    www.bybeiju.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá garota Hellz, bom te ler...à medida que lia teu post ficava mais aliviado, pois refrigerante e desenho animado não abro mão, e olha que tenho o dobro da tua idade rs...mas tu és uma menina muito da sapeca, no sentido de pensar, refletir e expor o que sente e como tu vês, e isso não tem preço, sem falar no ótimo humor. Isso, continue a me banhar com tua juventude inteligente.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Amei tua postagem!
    Amo desenho, jogar game e um monte de coisas legais que eu fazia quando tinha meus 15 anos!
    Meus filhos me ajudam, pois brinco com eles e relembro tudo!
    O importante é ser feliz!
    Tenha uma ótima tarde!
    Com carinho

    Blog- Femme Digital

    ResponderExcluir
  4. aaah só pq sou velhinha, nao ligo de ver bob, de fazer coisas de crianças! awn adorei! bjbj
    http://pedacosdelembrancas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Amei a postagem. Fenomenal!
    Um lindo final de semana para você!
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gostei do texto, sabe que é estanho nunca pensei nisso... Acho que é pq sempre andei com pessoas mais velhas!
    Ser adulto é ter responsabilidades e não mudar que vc é! ;)
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei o texto, a crise já bateu em mim com certeza.
    Mas se a gente for parar pra pensar no quanto a gente era idiota no passado, né? kkkkkkkkkkk a gente vê coisas super ridículas e fala: putz eu amava isso.

    Bisou!

    www.brunaflair.com

    ResponderExcluir
  8. A crise sempre bate né!? haha
    Mas como você explicou no caso da batata a idade as vezes não tem nada a ver..

    Participe do sorteio do BLOG com vários prêmios incríveis, entre eles um lindo papel de parede com a estampa na escolha da vencedora! Vem!!
    http://www.angelpoubel.com/2013/09/grande-sorteio-blog-angel-poubel.html

    Curta:
    https://www.facebook.com/BLOGAngelPoubel?ref=hl

    Big Beijo ;*
    www.angelpoubel.com

    ResponderExcluir
  9. hahahaha Ai ai, meus 21 aninhos... rsrs...
    Muito bom o seu texto!

    Mês que vem farei 23 anos, ainda curto Lindsay Lohan, filmes Teens, contos da Disney e no momento meu pocket book se chama: "Alice no País das Maravilhas"! :P hahahaha


    Beijos!

    Por Renatinha Araújo.
    Glamour Feminino: Blog|Twitter|Facebook

    ResponderExcluir
  10. Lindo texto...
    Tenho 25 e curto disney e bob esponja, mas as vezes quando penso que to perto dos 30 entro em crise haha

    O blog esta lindo!!!

    Bjuuuu
    Blog: umabonecamasnaodeporcelana

    ResponderExcluir
  11. Gente, e eu que tô com 22? Tem a música da Taylor Swift pra me consolar e me fazer sentir mais novinha e uhul, aproveitando! haha

    Dá um medinho, não dá?! Mas é legal :D


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  12. Ficava pensando a mesma coisa que você, acredita?
    Mas acho que ser adulo nem deve ser tão ruim.

    Amei o gif no final! haha

    naoseavexe.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Quem dera se eu pudesse voltar aos meus 15 anos... Sei lá, as vezes penso que minha vida tá passando rápido demais e por isso tenho medo de envelhecer e não fazer nada que eu quis.

    xx,
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  14. AAAH q isso agora, esquece tudo isso VAMO SER FELIZ! Nunca pensei em voltar no "tempo" minha filosofia é: Passou? Ótimo! Agora foca nisso ae, porque a sua meta é ser feliz e não ficar só nas lembranças.

    XOXO :D
    jovenclube.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Que crise né? rs
    ah, BOB amor eterno!
    amei o post!

    beijos,
    http://blogesteffanifontes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. E eu que já estou com 23? Hahah
    Já passei por crises assim, e senti que não aproveitei muito a minha adolescência, foi mais no final dela que as coisas boas começaram a acontecer! E só para constar, também concordo quando você diz que não é só porque crescemos que devemos deixar de gostar dessas "coisas de jovens" ;) Adorei o texto!

    Beijo,
    www.needwantwish.com.br

    ResponderExcluir
  17. Eu tô com 19 e aquela crise da meia-idade, já tô achando q sou velha e fico imaginando na quantidade de coisas q eu poderia fazer e ñ fiz e assim ... As neuroses

    ResponderExcluir
  18. Eu nunca fui uma adolescente normal, sempre tive muitos problemas em sair, aproveitar. Minha mãe sempre me prendeu muito, mas hoje em dia eu vejo que é muito melhor aproveitar quando a gente pode responder melhor sobre si, tomar conta de nós mesmas e etc. Apesar disso, sinto que não cresci (e nunca vou crescer) em espírito! Haahahaha.

    Beijos,
    Gabi do www.chaecorujas.com.br

    ResponderExcluir
  19. AUhauhaua agora com a minha idade vc só pensa em voltar aos 19 auhauaahua

    Kisu!

    ResponderExcluir
  20. É tão bom lembrar de coisas que nós vivemos quando eramos mais novos, sempre pensamos diferente no passado '-'
    fashion em cores.com

    ResponderExcluir
  21. Tenho muita saudades da minha infância, como eu queria voltar no tempo que eu não tinha preocupações!

    Beijos,
    Gabi

    ResponderExcluir
  22. Ás vezes me bate aquela nostalgia da minha infância, parece que a vida vai passando tão rápido.. Dá uma vontade de voltar ao passado e viver tudo de novo. Pena que não tem como :(
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Tenho 21 também e pensei bem igual a você mas tenho que admitir que nesse ano eu dei uma amadurecida maior de todas do mundo hahahah não esperava que amadurecesse tanto assim.
    Passando para desejar uma ótima semana.
    Beijo grande;
    yarasousa.blogspot.com.br/
    loja do blog:
    andancastore.loja2.com.br/

    ResponderExcluir

Aqui é a área do BEING YOU e você tá com a palavra, hein? BORA!