Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
postado por Hellz. em 07 setembro 2016

Sendo grata à quem me ensinou a escrever

Embora eu seja grata também a essas pessoas, eu não me refiro as professoras do jardim de infância, oks? HAHAHA Oks!

Enfim... ontem me encontrei nostálgica (any news about it?).


Bom... Sempre fui meio inconformista, chateada por estudar em escola católica (onde há a pretensão utópica  de sacudir uma nova geração de santos modernos e pouco questionadores a cada formatura do ensino médio. BORING). E, você sabendo disso, deve imaginar o quanto eu enchi o saco da minha mãe à época pra mudar de colégio HAHAHA (e deve saber também dos meus dons de persuasão a esta altura do nosso relacionamento :B HAHAH).

Como querer é conseguir (brimks HAHAH), lá fui eu na sétima série estudar em outra cidade, com pessoas um pouco mais diferentonas e fora da caixa do que eu tava acostumada. Dentre as várias experiências que tive, que conseguiram movimentar a vida um pouco mais do que era quando na formação de santos católicos com as freiras lá, a que mais perdura e me foi válida foi a de aprender a escrever.


Não que eu fosse analfabeta até a sétima série, pelamor (embora a burrice pra exatas reinasse e ainda reine linda linda HAHA), mas um encontro específico me fez ter o insight mais precioso de todos, ainda mais pra uma intrometida que já gostava de opinar em tudo, pesquisar músicas que ninguém conhecia e de ler Harry Potter.

Devo isso a uma amiga que fiz nessa tal escola nova. Ela era meio mentirosa, de estabilidade emocional e procedências duvidosas, talvez até um pouco ~bad vibes~, mas ela me ensinou, com seu jeitinho dramático e pseudodepressivo, que tudo que eu sentia e transbordava em mim poderia ser passado pro papel. Todo desabafo velado, toda alegria sentida, todo crush não correspondido. As palavras eram amigas. Isso foi primordial pra que eu visse a escrita mais do que apenas como anotações avulsas ou aprendizado escolar mecânico. Aquilo poderia salvar a minha sanidade nos anos que viriam a seguir.

E foi assim que eu comecei a escrever escrever, não apenas formar palavras ortograficamente aceitáveis. Eu aprendi a me comunicar. 

Lembro do primeiro "texto" que redigi. Algo meio gótico, pseudotrevoso, muito sofrido (cheio de palavreado gótico a la lobos solitários. Ser gótico meio que tava na moda, anyway... HAHAHAH). Apesar disso, ainda guardo o papel. Morro de vergonha alheia de mim mesma (? pelo conteúdo, mas fico feliz por aquilo ter representado o começo de uma era.

Eu não sei por onde a tal Any vive (ou se ainda vive, ela era meio complicada HAHAHA Preciso lembrar que amo uma alma perturbada?) e perdemos total o contato desde lá (já tentei até caçá-la nos facebook da vida, mas pelo perfil da criatura sei que ela jamais se sujeitaria a tamanha mortalidade). De toda forma, queria agradecê-la pelo toque lá em 2005. 

Eu precisava daquela iniciação aos 13 e provavelmente vou carregar esse legado pelo resto da vida


33 comentários:

  1. Sempre tem alguém que passa por nossa vida nos dando inspiração, achei engraçado a forma que vc abordou o assunto rsrs, espero q um dia sua amiga acesse seu blog e veja que ela foi importante na sua vida, beijos
    ritinhaangel.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olha flor, tinha uma menina maluca o oposto de mim no colégio, que achava uma estúpida e ignorante, mas ela correu tanto atrás de mim querendo amizade, que achei que estava mentindo e armando, mas assim que fiquei amiga, ela era a pessoa mais boa que também me ensinou coisas lindas, mudanças sempre geram polêmicas na gente mesmo, e o que nós achava que era bizarro, se abrirmos os olhos vamos ver flor.
    magrafelizpensa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Que legal que ela te deu esse toque e você começou a escrever. Bem que poderia publicar aqui, né? xD
    Burrice para exatas: tamo junto kkkkkkkkkkkk.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Oi Hellz, tudo bem?
    Primeiramente: " Algo meio gótico, pseudotrevoso, muito sofrido (cheio de palavreado gótico a la lobos solitários." Essa frase me representa HAHAHAHAHA Sério.
    Mas falando sério, que bom que você encontrou nas palavras um jeitinho de expressar um pouco do teu jeito! A gente percebe isso principalmente nos seus posts. A tua personalidade tá presente em cada palavra. E eu admiro muito isso.

    Bjs
    barbfurtado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Hellz!
    Menina, gostei que você compartilhou essa experiência com a gente.
    Ainda bem que essa menina te ensinou a escrever hein... Se não, não teríamos esse texto maravilhoso.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do Balaio de Babados e Postando Trechos
    Participe da promoção 1 Ano de Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  6. Que bom que sua amiga te mostrou esse lado da escrita, agradeço a ela também pois adoro ler seus posts!
    Bjs

    www.achadosdamila.com.br

    Fanpage - Achados da Mila

    ResponderExcluir
  7. Eu já tive muitas amigas que sempre era vista por outras pessoas como chata ahaha mas comigo tava tudo beleza. Em relação de você ter aprendido com ela, isso é muito bom. Um xeruh!!

    www.kleidenaira.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olha só, que legal você se lembrar dela... eu tive uma época de gostar de escrever também... mas a minha passou hehehe.

    Beijoo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Instagram: @aquelenaoblog |

    | Julinha e os Vídeos - Canal do Youtube |

    ResponderExcluir
  9. Achei muito lindo seu post!!
    Mais ou menos na mesma época que você citou, também me interessei bastante pela escrita mas com a correria da vida acabei perdendo o gosto :(
    Gostei demais de como você descreveu sua amiga hehehehe. Muito legal ela ter sido sua inspiração para começar a escrever.
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  10. Também tive uma amiga do género
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Eu tinha uma amiga assim também na época do Ensino Médio, mas ela não era trevosa hahahaha se bem que tinha o grupinho dos trevosos que todos da sala tinham medo HAHA
    Bom que ela te transmitiu essas sensações e 'ligou' sua criatividade. Amei o texto!

    tenha um ótimo final de semana =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  12. kkk muito legal seu post! Eu também comecei a escrever por causa de uma turminha da escola que fazia livros nas férias. Saudades dos bons tempos.
    Bj e fk c Deus
    Nana
    http://nanaeosamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Hellz,
    Tb estudei em colégio católico e sempre gostei de escrever. Quanto mais a gente escreve, mais evolui
    Big Beijos
    blog Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  14. Nunca estudei em colégio católico, passei a vida toda em escola pública e hoje faço faculdade particular por isso (PROUNI) HAHAHA Eu demorei pra aprender a ler e escrever, era preguiçosa e como meu irmão tentava me obrigar eu odiava e ficava com raiva. Aí um dia aprendi a ler, gostei de escrever, conheci a Meg Cabot e me apaixonei pela leitura. Ai adiciona sim, eu adiciono todo mundo do facebook HAHAHA

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  15. Oláaa Hellz
    Amei seu post nostálgico, as vezes sinto sdds de algum tempinho perdido lá no espaço chamado passado.
    Adoro a forma como vc escreve, o que foi o começo de uma nova era lá em 2005 foi o início tb de sua maneira inusitada e adorável de "escreviver"!
    Nós tb agradecemos a Any, senão não teríamos seus posts incríveis ;)
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  16. Escrever sempre foi meu amor. Já lia na pré escola e escrevia bem no 1 ano e sempre amei
    hahaaha
    Um beijo!

    Les Jours de Marcela

    ResponderExcluir
  17. Aah eu amei seu texto, tem algo diferente nele.
    Posso coloca-lo na linkagem desse domingo? Acho que devo.

    beijo

    Lua do Meu Mundo da Lua
    FanPage
    (se inscreva no blog, te esperamos por lá)

    ResponderExcluir
  18. Comecei a escrever por causa do tumblr e foi a melhor coisa! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  19. Escrever é a melhor coisa, é bom quando temos alguém que nos incentive(mesmo que a pessoa seja um pouco peculiar rs). Acho que eu só ganhei um incentivo a escrever minhas ideias e sentimentos de verdade só por volta dos 15.
    beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Que bacana conhecer um pouquinho da sua experiência, gratidão é um ótimo sentimento, parabéns pelo post.
    Boa sexta-feira!
    Fica com Deus!
    Beijos!

    http://marifonseca21.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Que legal esse tipo de post. A pessoa que me ensinou a escrever foi a que mais me fez sofrer e serei eternamente grata a ela por tudo de ruim que fez comigo.
    Beijos!

    Me chama de Bella

    ResponderExcluir
  22. Que legal hein? Adorei a historia e continue sendo grata a ela mesmo!!
    Historia show!


    Beijos da Nati
    www.oxifalei.blogspot.com.br
    Snap: nath.thamires
    Instagram: @oxi.falei

    ResponderExcluir
  23. Eu fico tentando te imaginar em um colégio de freiras... Coitadas das freiras. Hahahhaa Ahhh eu já imaginava, que você tinha esse passado gótico, você tem essa pegada meio "diferentona". Hahaha Mas brincadeiras á parte, eu também quero agradecer a sua amiga, por ter te incentivado a escrever, como leitora do seu blog, eu fico muito feliz em poder ler os seus textos sempre. Você arrasa!
    Mil Beijos!
    https://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Ai Hellz, que texto lindo! Confesso que o gelo do meu coração até derreteu um pouquinho HAHAHAH.
    Escrever realmente é umas melhores coisas do mundo, e graças aos deuses essa trevosa te deu esse insight, assim você começou a escrever e fez um dos melhores blogs da vida ♥
    Beijos!

    claramenteinsana.com

    ResponderExcluir
  25. Ai, que delícia ler cada pedacinho dessa sua caminhada de autoconhecimento. É maravilhoso saber que a escrita é uma das suas principais formas de mergulho em si, de terapia, de releitura, de depreendimento. Como sempre ratifico, precisamos encontrar esses meios de 'conversas conosco' e, principalmente, precisamos compreender que toda arte feita com verdade e feita para que possamos enxergar além, como uma urgência do interior, é arte sincera, é válida e pode mover montanhas. Cada palavra assim descrita/escrita pode ser o que alguém está precisando, mas sequer sabe até que leia - assim como precisamos desaguar. Tudo, absolutamente tudo o que é desabafo, o que honestidade do âmago, o que é transformado em forma de releitura exteriorizada, é válido. E é maravilhoso saber que capta de tal maneira e não deixa de emitir. Fico tão feliz!

    www.semquases.com

    ResponderExcluir
  26. Que lindo todas nós temos que ser grato a algo ou alguém adorei o texto sempre arrasando!
    Fica com deus sua linda juizo no corpo e na alma,
    Um beijo da Ju Margarida.
    Ei venha me ver mais vez em to te esperando la no blog moça

    BLOG:
    http://www.politicamenteincorreta.com/

    ResponderExcluir
  27. Acho bem marcante o ponto da pessoa ser lembrada, mesmo que não esteja mais convivendo com a gente. Muitas pessoas vem e vão, e como muitas fazem diferença em nossas vidas, nós fazemos muita diferença em muitas outras :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  28. Que linda história! Ás vezes tudo o que a gente precisa é de um empurrãozinho.

    Beijos
    Ruiva Cohen Store Blog

    ResponderExcluir
  29. Que lindo, Hellz! Tem coisa que pode parecer tão pequena pros outros mas que pra a gente tem uma importância tão grande, né? Será que naquela época tua amiga estranha complicada e de procedência duvidosa (sério, ri demais com isso) tinha noção de quanto isso seria importante pra tu? Acho que não, mas mesmo assim ela fez a diferença nesse momento. Muito massa esse reconhecimento xD

    Um beijo grande!
    Heeey, Maria! | Fanpage

    ResponderExcluir
  30. Hellz bacana a sua amiga, que bom que ela cruzou no seu caminho,lindo o seu texto Hellz bjs.

    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Helzzzzzzzzzzzzz, *-*
    Me identifiquei. Eu comecei a escrever também para liberar um pouco dessa "energia' que sempre estava tão carregada dentro de mim. Meu inconformismo e tudo mais, e sim já fui uma gótica "from hell". Também escutei (e ainda escuto) muitas músicas que ninguém gosta e tudo o mais. Mas, isso me ensinou muito e me deixou mais propensa a fazer aquilo que realmente gosto (já que exatas e medicina não eram meu forte.).

    Beijos
    Karolini
    womenrocker.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  32. Oii

    Seja ela quem for e esteja onde estiver também sou grata à ela, assim posso ler seus textos, sendo eles mais reflexivos ou divertidos! haha

    Beeijooos

    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  33. Sempre gostei de escrever, houve uma época da minha infância que eu gostava de escrever peça de teatro pra euzinha interpretar! HAAHAHAA

    Depois quis ser jornalista, mas meio que meus sonhos foram por água abaixo depois que um professor falou pra sala toda que a gente não sabia escrever.

    Nessa época eu conheci o blog das Garotas que dizem ni e gostava tanto que eu queria ter um blog também pq aí não precisava ser profissional e não ia chorar achando que ia morrer de fome porque não sabia escrever! =P

    Agora a gente agradece a essa Any pq hoje vc tá aqui compartilhando as belezas (e merdas) da vida com a gente! huahuaha

    Beeijo, Hellz!

    ResponderExcluir

Aqui é a área do BEING YOU e você tá com a palavra, hein? BORA!