Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
postado por Hellz. em 10 março 2017

o filme argentino que me inspirou a criar o Being Hellz


Vocês, bichinhos do cinema igual a mim, devem ter visto que saiu mais um filme por aí MADE IN BR com a Ingrid Guimarães (e, inclusive, o último filme a ser lançado com o Domingos Montagner - morto no ano passado), a comédia “Um namorado para minha mulher”. Ok, tudo bem. A questão é que eu detestei esse filme. HAHAHAHAH Antes que pensem que a crítica é gratuita porque a Hellz ama falar mal das coisa, saibam que tenho os meus motivos, afinal... até pra se falar mal você precisa de argumentos, certo? E EU TENHO MUITOS PORQUE EU SOU GEMINIANA E LOKA! HAHAHAHAHHA Enfim...

 Acontece que o tal filme com a Ingrid Guimarães nada mais é do que um remake de outro filme lançado em 2011, um produzido na argentina e que tem o título de “Um namorado para minha esposa”. Embora a essência da versão original e da brazuca serem basicamente as mesmas (tirando as atuações que eu não concordo muito criativamente na versão BR) e alguns aspectos modificados na versão mais recente pra se dar um desnecessário ar modernoso, as obras estão aí. E, desde 2013, quando eu vi pela primeira vez o filme MADE IN ARG, ele entrou no meu hall de preferidos, queridxs. SIM, e eu consegui me ver tão identificada que esse foi o estalo que eu precisava pra então tomar o empurrão que tava faltando pra sair do armário do marasmo e jogar minha poker face na blogosfera. Porque? Bom...

Basicamente, vamo numa sinopse legalzona da Hellz:

Ambas as versões trazem, como eu disse, mais ou menos a mesma coisa: Um casal que tá junto há muitos anos e um marido meio banana que passa a achar a esposa insuportável por ela não fazer mais nada da vida exceto reclamar todo tempo, toda hora, sobre tudo e qualquer coisa. Foi quando o ~gênio~ teve a ideia de contratar um cara pra seduzi-la, fazer com que ela se apaixone pelo sujeito e decida por si mesma dar um fim no casamento mei bosta deles. E, pra isso, o cara arruma um emprego pra mulher (onde ele mesmo paga o salário dela HAHAHAH) pra poder conduzir os paranauê todo da conquista. Enfim...

No original argentino, o emprego em questão é o de apresentadora fixa de um programa de rádio. O locutor – amigo do marido – sem saber muito bem o que fazer com aquela mulher histérica, descobre que ela tem uma qualidade super vendável: A reclamação constante. Tendo um episódio por dia com um tema específico, a mulher passa o programa inteiro falando tudo que ela ODEIA, de maneira engraçada e sarcástica, virando famosona e tornando os ouvintes fãs do tal quadro, quase que como um viral no país.


E, enfim chegando ao ponto em que eu paro de arrodear e revelo a resposta à problemática do post, digo foi inspirada neste filme amorzinho que eu vim a decidir pôr pra frente o Being Hellz: Eu queria fazer um blog pra falar mal de tudo que eu detestava, ou seja... muita coisa HAHAHAHA. Mas acabou que os ventos me conduziram pra outro lado....

Ser crítico é legal, usar o sarcasmo e ironia de forma eloquente e inteligente também é legal. Mas viver disso num dá, mores. Ok, eu ainda sou sim meio ranzinza e dou muitas alfinetadas no que me desagrada,  mas eu meio que consegui atingir um equilíbrio entre o amor e ódio.  Afinal, é necessário ter o amor pra que a gente não vire um cubo de gelo ambulante. MAS QUE NOIS ADORA FALAR MAL, NOIS ADORA <3 Só que o coração de mocinha do amor também existe, então porque não dosar aí esse negócio, né? :B

Talvez o pontapé tenha dado certo, afinal, foi a sinceridade que me trouxe até aqui (e provavelmente, se você já é leitor antigo, deve continuar por aqui pelo mesmo motivo). Então... algo certo eu devo estar fazendo, acho HAHAHAH.

VOCÊ JÁ VIU A VERSÃO BR OU A VERSÃO ARG DESSE FILME? QUERO SABER!




40 comentários:

  1. Oie!
    Falou em reclamar já praticamente leio RAQUEL nas entrelinhas. Eu AMO reclamar <3 meu senso crítico é muito forte e as pessoas não entendem... dos filmes: o brasileiro eu não conheço, o argentino muito menos HAHHAHA mas achei super engraçado e fiquei com vontade de assistir (o argentino, ofc). Reclamar faz parte da gente, e ser irônica é talento mesmo <3

    Beijosss
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Hellz!
    Meu namorado diz que eu reclamo demais das coisas. Do tipo, muito mesmo. Ele tem de entender que sou de Aquário com Lua em Virgem. Ou seja, reclamar faz parte da minha vida!
    Por isso, me identifico horrores com seus textos e tem até uma coluna no blog feita para reclamar de títulos nada a ver - o Tecla SAP
    Infelizmente eu não assisti nenhuma das versões desse filme.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval
    Resenha Premiada Paixão e Crime
    Sorteio Três Anos de Historiar

    ResponderExcluir
  3. Vi sua publicação no Instagram e não aguentei a curiosidade, vim para o blog pelo celular mesmo.
    Gente, tô pasma demais com a cópia do filme na cara dura!
    Eu acho que o Being Hellz assim como todo blog, inclusive o meu, tem um "Q" de diário pessoal, e nós não somos apenas elogios, de vez em quando precisamos reclamar e botar a cara a tapa, falar sobre o que nos incomoda. Entao, apesar de o blog talvez ter te levado pra outro lado além das pura reclamação, ele continua tendo a sua essência, a essência da Hellz, o equilíbrio entre o amor e o ódio, haha. Hellz é gente como a gente.
    Eu ainda não assisti nenhuma versão desse filme, mas agora pretendo assistir o original dos hermanos.
    Beijo Hellz, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  4. Sou mestre nisso, rs! Tento até me segurar! Não assisti nenhuma das versões, mas fiquei curiosa!


    Beijos!

    EsmaltadasdaPatyDomingues

    ResponderExcluir
  5. Legal saber como você teve a ideia de criar o blog! Eu ainda não assisti a versão brasileira e acho que você me convenceu a assistir a versão hermana. Confesso que tenho uma leve simpatia pelo cinema argentino desde que assisti "Um Conto Chinês". Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    http://paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá, Hellz! Tudo bem?
    Vi esse filme a alguns anos no youtube e realmente é incrível. Tem comédia? Sim! Drama? Também! Achei um filme muito rico, uma comédia que diferente de muitas nos faz refletir sobre parar para pensar o porquê de algumas atitudes da parte do outro, ao menos foi o que pensei quando vi o cara agi de modo tão covarde, podendo ter sido mais compreensível e buscando ajudá-la. Enfim, muito bacana saber que o filme foi tua inspiração para o blog.

    Até mais. https://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, amore
    Não vi nenhum do dois , mas fiquei muito afim de vê-los ahaha. Nem imaginei que o filme tinha lhe influenciado tanto assim hahah . Você sempre me surpreende.
    Beijos e bom final de semana!
    DMULHERES@_sheylaxavierFanpage

    ResponderExcluir
  8. Nao acredito que foi deste filme que demais saber isso o meu foi de um livro tempinos atras contei sobre tambem!
    Fica com deus sua linda juizo no corpo e na alma,
    Um beijo da Ju Margarida.
    Ei venha me ver mais vez em to te esperando la no blog moça
    BLOG:
    http://www.politicamenteincorreta.com/

    ResponderExcluir
  9. Adorei o motivo HAHAHA. E sim, tua sinceridade e esse jeito meio doido é o que eu mais gosto por aqui e é o que me faz voltar sempre, viu? Sobre os filmes, eu nunca assisti nenhuma versão, mas fiquei com vontade de assistir a versão argentina, será que tem na Netflix? Bom, se não tiver eu dou um jeito de ver online mesmo, é o que temos pra hoje haha
    Um beijão,
    Gabs do likegabs.blogspot.com ❣

    ResponderExcluir
  10. Oooooooooooie Heeeeeellz!
    Não assisti nenhum dos filmes e claro que fiquei instigada para conhecer o filme amorzinho que inspirou a lacradora BatDivaHellz a criar o blog <3
    E é um sucesso não só na blogosfera, mas também a multimídia, a blogueira por trás dos posts, muito amada pelos leitores pela sinceridade claro e sempre, mas por esse coraçãozinho que é siiiiiiiiiim doce e muito fofurice!
    Na medida exata!
    Bjs e excelente semana pra ti
    Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  11. Eu nem conhecia o filme, nem o remake
    aHAhUIahA mAs agradeço profundamente porque seu blog surgiu <3

    ResponderExcluir
  12. Legal ficar sabendo como o seu blog foi inspirado, não conhecia o filme mas achei muito interessante, Hellz bjs.

    ResponderExcluir
  13. Que post sensacional. Hahaha Sério, serei grata eternamente á esse filme então, pois graças á ele você trouxe essa criatividade maravilhosa e essa sua sinceridade ímpar pra blogosfera. Muito obrigada por ter decido criar esse blog. Fiquei até com vontade de assistir esses dois filmes agora, gostei muito do enredo e tu conseguiu atiçar a minha curiosidade. Já virou clichê eu dizer isso, mas eu amei o post!
    Mil beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/03/colecao-de-tenis-new-balance-de-bela-e.html?m=1

    ResponderExcluir
  14. Nunca vi nenhum dos dois não. Mas gostei de saber que a personagem te inspirou kkkk.

    Vou ver se assisto o Argentino... sem legendas ! Pra lembrar da minha época de mIRC onde eu passava mais tempo conversando em espanhol da argentina do que em português com os carinhas kkkk.

    Beijo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Julinha e os Vídeos - Canal do Youtube |

    | Cadastre-se no Clixsense e Ganhe por Clicar em Links |

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia nem o nacional, quem diria o argentino kkkkkkkk. Mas fiquei curiosa para ver a versão original do filme!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  16. Oi, Hellzoca!
    Sabe que eu gostei do filme MADE IN BR?
    Hahahahaha
    Achei engraçado, porque a Ingrid Guimarães é ótima.
    Mas achei duvidosa a aparência do Domingues Montagner...
    Enfim, adorei que você tenha se inspirado nela para reclamar de tudo na vida, hahaha.
    E adorei mais ainda que você tenha encontrado o equilíbrio, que é tão importante na vida.
    Reclamar é bom, mas reclamar de tudo o tempo todo nem tanto.
    :)

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  17. Hahahaha... Não assisti, mas fiquei com muita vontade após ler seu texto!
    Gosto sim das suas reclamações, da sua evolução idem!... Por isso, fico e ficarei ;-)

    Beijos =)

    ResponderExcluir
  18. Oi, Hellz!

    Ainda não vi nenhum dos dois filmes...
    Que bom que você achou um equilíbrio... Eu adoro as suas postagens! São muito verdadeiras e um tanto engraçadas... Hehehe

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
  19. MENTIIIIIIRAAAA que foi esse filme? Tô chocada, não fazia ideia! Já havia ouvido falar dos dois, e vivia passando a versão argentina no Telecine, mas agora parou por causa que vai passar a versão BR :C Fiquei bem curiosinha pra ver.
    Cara, eu fico bem feliz em ver que você tá mais good vibes. Tem que ser assim meixmo, migs ♥
    Beijos!

    claramenteinsana.com

    ResponderExcluir
  20. SÉRIO? hahahahhaha arrasou. Menina, você é demais. Sou super tua fã ! Fiquei super curiosa pra assistir esse filme até.
    bjuxx
    www.taayvargas.com

    ResponderExcluir
  21. hahahahaha adorei saber, gente! <3 eu não assisti nenhuma versão, mas agora quero *-*


    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  22. KKKKKK
    Eu adoro suas opiniões sobre alguma coisa porque você é muito divertida, até na hora de escrever (a gente sente essa emoção quando lê. hihi). Eu sou uma baita duma preconceituosa quando o quesito é filme brasileiro, mas do jeitinho que você descreveu, me deu vontade de ver, até porque parece ser legal de assistir. hehehe
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  23. Adorei, já quero ver o filme versao AR jáa
    adoro filmes estrangeiros. O melhor filme que ja vi na vida é um mexicano.
    http://thaydreams.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Menina só por causa desta resenha fabulosa e verdadeira deu
    aquela vontade louca de assisti os dois,, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  25. Noooossa! Eu nem sabia que tinha essa versão. Mas realmente tem uma coisa no cinema brasileiro é essa comédia forçada que a maioria dos filmes tem..
    Mas achei legal sua história com a criação do blog!!

    Beijuu

    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  26. Infelizmente o BR faz muuuitas cópias de filmes de outros países né.. puta falta de criatividade, maaaas, enfim kkk eu nunca vi nem a versão BR nem a versão ARG Hellz, mas achei comééédia sua descrição e já fiquei afim de assistir, confesso.. Parece muito fun! E ser crítico o tempo todo deve ser difícil mesmo, foi legal seu pensamento inicial mas acho que daria muuuito trampo, gosto do seu blog do jeito que é.. gosto de blogueiras assim, sinceras e sem mimimis kkkk beijokas!

    ResponderExcluir
  27. Eu nunca vi nem o brasileiro HAHAHA Foi bem na época que o cara morreu, aí né HAHAHA Enfim, não sabia que já tinha outro versão argentina. Fiquei curiosa para ver os dois e fazer uma comparação. Achei genial de onde veio sua ideia, nem sei porque comecei a fazer um blog HAHAHA Amei

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  28. Olá,
    HAHAHA ainda não assisti nenhuma das versões, mas acho que vou assistir a da Argentina primeiro, só pra dar pitaco =x
    E sim, adoramos uma oportunidade pra falar mal sim -q HAHAHA
    Vou assistir e espero curtir pelo menos uma das duas né e adorei que o filme nos fez conhecer seus textos!

    tenha uma ótima quarta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  29. Vc é uma ranzinza legal <3 aliás seu blog é um dos meus favoritos por ser autêntico e divertido! Ainda não cheguei a ver o filme que inspirou o blog <3 mas anotei aqui!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  30. Oie, tudo bom???

    Adorei saber de onde vem esse mal humor todo hauahsauhsaushaushau Brincadeirs! Adoro seus posts, e você SUPER consegue retratar as coisas de forma cômica e irônica. Me divirto muito com você e apoio um canal no YouTube rsrsrsrs Nunca assisti ao filme, mas anotei a dica!!! Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  31. Oi Hellz! Olha, a versão brasileira eu tô pulando, viu? Mas acabei de assistir o trailer da versão argentina e já tô doida para assistir!

    ResponderExcluir
  32. Não conhecia esse!
    bjs
    http://www.pinkbelezura.com/

    ResponderExcluir
  33. Gostei de saber da sua inspiração para criar o blog. Eu ouvi falar da versão brasileira ano passado, mas não sabia que tinha sido inspirada em outro filme, fiquei curiosa para assistir ao argentino.
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  34. Hellz! Não sabia desse detalhe. E, sim, você está fazendo um ótimo trabalho! ♥ E de forma equilibrada. Todo mundo tem as suas reclamações e esses posts de desabafo sempre ajudam. Tanto quem tá escrevendo quanto quem tá lendo, né? =) Eu ainda não vi esses filmes, mas o Brasil tem essa mania, né? Muitas vezes se inspiram nesses filmes estrangeiros! Mas a maioria eu acabo gostando haha!

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  35. Ainda não vi nenhuma versão. HAHAHAAHAHAH Que bom que ele lhe trouxe pra blogosfera, né? Mas o filme parece ser bacana também. Fiquei afim de vê-lo, já que ultimamente ando reclamando muito das coisas. HAHAHAHAHA
    Beijos

    www.marinaalessandra.com

    ResponderExcluir
  36. Menina confesso que nunca tinha ouvido falar desse filme, em nenhuma das versões, mas AMEI o que tu contou sobre ele e to morrendo de curiosidade para ver. No caso, a versão argentina né rs.
    Enfim, fico feliz que esse filme tenha te trago para a blogsfera porque tu é um arraso, viu?

    Beijos
    www.jadeamorim.com.br

    ResponderExcluir
  37. Eu juraaaava que você tinha se inspirado no livro Hell - Paris (esse aqui https://www.skoob.com.br/livro/2272ED3009 ) !!!! Não sei porque ?!?!!?
    Não sou muito fã de filmes BR e também não conhecia esse aí.
    Hellz também é cultura minha djent!
    A Bela, não a Fera | Youtube Channel | Vem conversar comigo no Twitter!

    ResponderExcluir
  38. Caraca! Eu não conheço os filmes em questão, mas achei diferente você ter tirado uma inspiração assim de um filme. HUAHUAHUA... Minha inspiração para blog veio do fato de eu já ser diferentona e não ter problema em problematizar a blogosfera.

    Até mais!
    Karolini Barbara

    ResponderExcluir

Aqui é a área do BEING YOU e você tá com a palavra, hein? BORA!